Documentários - Artes à Vila

Documentários

Documentários

Divulgação da música e instrumentos portugueses

A rubrica Documentários pretende contribuir para a divulgação da música e instrumentos portugueses e mostrar ao público casos de sucesso no desenvolvimento das artes e cultura Portuguesa.

De 27 a 30 de Junho no Posto Turismo da Batalha | Entrada livre | Coorganização Aporfest / ACBC

Guitolão


  • Data: 27 de Junho
  • Horário:  27 Junho - 19H00 / 28, 29 e 30 Junho - 17H00
  • Local: Posto Turismo da Batalha
  • Duração: 5min.

Sinopse

Construção do Guitolão pelo Mestre Gilberto Grácio

Lusitanian Ghosts


  • Data: 27 de Junho
  • Horário: 19H00
  • Local: Posto Turismo da Batalha
  • Duração: 69min.

Sinopse

Um país milenar com raízes etno-musicais que ultrapassam os séculos. Instrumentos cordofones quase esquecidos pelo mundo, com nomes tão apaixonantes quanto as suas variadas afinações: a Amarantina, Beiroa, Toeira, Braguesa, Terceira ou Campaniça. O nosso Portugal actual, que tão poucos conhecem fora de portas, não é só Fado nem Kuduro. Alguns novos luthiers estão a voltar a fabricar estes instrumentos quase extintos, e Neil Leyton, cantautor de rock n roll Luso-Canadiano, funda os Lusitanian Ghosts: um colectivo de artistas dedicado à experimentação e integração destes cordofones na gravação de um novo álbum inédito, casando o rock n roll internacional com os cordofones Lusófonos. O documentário, realizado por André Miranda, começa por acompanhar o “making of” da gravação deste disco único nos estúdios Canoa, antes de cruzar o país à procura destes velhos instrumentos - são eles os verdadeiros fantasmas Lusitanos. Seja nas mãos de mestres como Chico Gouveia, que toca a Braguesa na afinação “Moda Velha”, ou músicos artistas de mais nova geração como Vasco Ribeiro Casais (Omiri, ex-Dazkarieh), o documentário irá ao seu encontro, filmando nas localidades onde se encontram, bem como no estúdio do etnomusicólogo Guillermo de Llera (Primitive Reason, The High Djinn) entrevistando ainda os músicos / professores de guitarra internacionais como o Norte-Americano, Luso-descendente Abel Beja (Primitive Reason) e Mikael Lundin, a.k.a. Micke Ghost (da antiga banda Sueca de Neil Leyton, The Ghosts, bem como os The Sweet Serenades e outros projectos). O Dr. Domingos Morais, etnomusicólogo do Museu de Música de Cascais, completa a lista dos entrevistados. Todos prestam os seus depoimentos sobre estes cordofones únicos, seja do ponto de vista experimental do projecto Lusitanian Ghosts seja na sua utilização diária nos seus outros projectos artísticos, analisando os vários estilos e afinações que tornam estes instrumentos tão interessantes – bem como as suas histórias, que noutras paragens se chama mesmo “folklore”.

Créditos

realização ANDRÉ MIRANDA | 2018

Escola do Rock - Paredes de Coura


  • Data: 28 de Junho
  • Horário: 17H00
  • Local: Posto Turismo da Batalha
  • Duração: 51min.

Sinopse

Documentário sobre a Escola do Rock em Paredes de Coura, um programa de formação com um modelo de trabalho que consiste numa residência de curta duração para jovens dotados com alguma formação musical. Através de ensaios, jam sessions, demonstrações e workshops, a residência culmina com a apresentação de um mega-concerto em que cerca de 50 músicos se juntam em palco. A Escola do Rock Paredes de Coura nasceu em 2014, na terra do icónico Festival Paredes de Coura.

Créditos

realização AMADEU PENA DA SILVA | 2018

A Música Portuguesa a Gostar dela Própria


  • Data: 29 de Junho
  • Horário: 17H00
  • Local: Posto Turismo da Batalha
  • Duração: 40min.

Sinopse

Projeto com o objetivo de dar a conhecer as raízes da música portuguesa tocadas e interpretadas de forma genuína pelos seus históricos executantes, onde o rural é dado a conhecer a todos.

Créditos

realização TIAGO PEREIRA | 2016

Pop Dell'Arte - Ainda tenho um sonho ou dois


  • Data: 30 de Junho
  • Horário: 17H00
  • Local: Posto Turismo da Batalha
  • Duração: 55min.

Sinopse

Com mais de 30 anos de existência, os Pop Dell´Arte pautam-se por uma forte componente eclética e subversiva. Incorporaram na sua música referências como o Cinema, a Performance, a Poesia e toda uma gama de temas que, até à sua criação, nunca tinham sido abordados na música portuguesa. O documentário resume o que foram as mais de três décadas de existência desta banda lisboeta, desde os primeiros passos no mítico Rock Rendez Vous, à criação da editora independente Ama Romanta, até aos dias de hoje.

Créditos

realização NUNO DUARTE | autoria NUNO GALOPIM e NUNO DUARTE | 2018

Programa 2019

27 a 30 de Junho no Mosteiro da Batalha

 

Programa disponível para download